Octavio Brandão 1977

quarta-feira, 9 de julho de 2014

NESTE SÁBADO, 12/07, A PARTIR DAS 16 HORAS




RODA DE SAMBA COM BARBEIRINHO DO JACAREZINHO
 E SEUS AMIGOS



Regada com bom papo, cerveja gelada, carne seca com abóbora
 e os caldinhos da Tia Lúcia.
  

Um dos compositores mais gravados por Zeca Pagodinho ("Fiquei amarrado na sua blusinha", "Cabelo no pão careca", "Conflito", "Dona encrenca", "Parabólica", "Mary Lu", "Preservação das Raízes", "Caviar", "Comunidade carente", "Dona Esponja", "Sincopado Ensaboado"), vencedor cinco vezes do samba-enredo na Unidos do Jacarezinho (1985, 1989 - Grupo Especial -, 2003, 2005, 2009), Barbeirinho do Jacarezinho teve uma de suas primeiras músicas gravadas -  "Aperta o cinto" -  por Bezerra da Silva. Bezerra também gravaria do compositor "Sequestraram minha sogra". 
Em 2001, no "Quintal do Pagodinho", cantou com os parceiros Luiz Grande e Marcos Diniz (que formam o "Trio Calafrio") "Por dezoito quilates e cinqüenta que morde"
No ano de 2003, lançou com os parceiros, o CD "Trio Calafrio", do qual se destacaram as faixa "Dona esponja", Carquejo e "Partido em três", "CPI dos Perucas de Touro"), todas de autoria e interpretadas pelo trio. 
Foi também gravado por Marquinhos de Oswaldo Cruz ("Poderio de Oswaldo Cruz", em parceria com Marco Diniz), por Ernesto Píres ("Sindicato do samba" e "Me quebrei na jogada"), Valmir Barbosa ("Me quebrei na jogada") e o grupo "Toque de prima" gravou de sua autoria "Suburbano feliz" (c/ Luiz Grande e Marcos Diniz).

Por Alex Brasil


Convite Colaboração por R$ 10,00 com direito a um prato de carne seca com abóbora.
 CCOB: Rua Miguel Ângelo, 120, esquina com rua Domingos Magalhães, próximo ao Metrô de Maria da Graça, em frente ao CEFET.

Nenhum comentário: