Octavio Brandão 1977

sexta-feira, 20 de março de 2015

CINECLUBE CCOB

APRESENTA NESTE SÁBADO, 21/03, ÀS 17 HS.

 Pão e Rosas

               O filme conta a jornada de Maya, do México para Los Angeles (EUA), onde chega para morar com sua irmã, Rosa, também clandestina. Ambas passam a trabalhar na mesma empresa, como faxineiras do turno da noite em um edifício de escritórios, ao lado de outros imigrantes ilegais, por salários humilhantes. Devido à irregularidade de seus empregos, eles não têm assistência médica, nenhuma proteção trabalhista e ainda tem que suportam um patrão abusivo. Neste universo surge Sam, um ativista americano, que lidera uma campanha guerrilheira contra corporações e procura fazer com que os trabalhadores se unam. Com isso muitas situações de chantagens, assédio, tentativas de suborno, ameaças e pressões se desenrolam da parte dos patrões.
             O nome do filme faz referência a uma greve do setor têxtil em Lawrence, Massachusetts, que uniu dezenas de comunidades imigrantes, e foi, em grande parte, conduzida por mulheres, em Janeiro-Março de 1912, e que ficou conhecida como Greve das Rosas e do Pão.
             Tanto a subjugação da mulher no mundo do trabalho quanto a complexa questão das migrações clandestinas, e precarização das relações de trabalho, estão sustentadas pelo modo de produção vigente, voltado prioritariamente ao lucro financeiro. Com sua aguda crítica a esta realidade, o filme ressalta as conseqüências drásticas do fato do homem não ser o objetivo final da máquina capitalista.

Direção: Ken Loach 

EUA/2005
Duração: 105 minutos

Nenhum comentário: